Espaço de cor: isso te diz alguma coisa?

0
38

Errar é humano, nós sabemos. Mas tem erros que podem ser evitados. Um deles, bem frequente por aqui, é a definição do espaço de cor da imagem. Para seguir os padrões de impressão em minilab, o espaço de cor precisa ser sRGB. Volta e meia recebemos no espaço Adobe RGB ou só RGB. Dá certo? No geral não. Muitas vezes a diferença é sutil mas existe. Tem vezes que nem dá para aproveitar. Quer saber por que?

O RGB, é um espaço de cores amplo, capaz de gravar mais cores do que o sRGB, um espaço de cores menor. Apesar de parecer melhor, o RGB só funciona em trabalhos produzidos por reprodução mecânica, como um livro. Já o sRGB é usado para imagens que serão enviadas para um laboratório, para impressões em qualquer tamanho ou formato. Esses equipamentos são incapazes de ver a faixa de cores RGB completa, por isso a alteração nas cores inviabilizando o resultado final. O mesmo acontece no espaço de cor CMYK, que só serve para envio de projetos de design gráfico para as gráficas.

Então, finalizando e resumindo, precisamos que todos os projetos enviados estejam no espaço de cor sRGB. Para tudo sair dentro do planejado, para a impressão perfeita. Do jeito que o seu cliente merece!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui